A JSL apresentou o seu Relato Integrado para compartilhar sua busca por gerar valor sustentável em todas suas operações em benefício dos públicos com que interage. Um dos objetivos da empresa é o mapeamento de emissões e implantar projetos inovadores que possam gerar positivos impactos ambientais.

Neste sentido, a companhia foca na renovação de frota que apresenta idade média de 3,5 anos, quatro vezes menor que a idade média da frota brasileira, que possui mais de 14 anos. As vantagens são variadas: redução das emissões de gases para a atmosfera, adoção de telemetria na maior parte da frota, que estimula melhor desempenho dos motoristas e reduz o consumo de combustível e o constante investimento em tecnologias de ponta e em manutenção preventiva.

Com uma receita líquida em 2020 de R$ 2,8 bilhões, a JSL mantém-se absolutamente alinhada com sua missão de “oferecer serviços e soluções logísticas, com gente comprometida, criando valor para clientes, acionistas e investidores, contribuindo para o desenvolvimento das comunidades onde atua”. A companhia segue investindo na melhoria de todos os seus processos, o que leva a melhores índices de produtividade e de uso inteligente de recursos.

Além disso, a JSL tem trabalhado para desenvolver ações para a comunidade. Em 2020, a empresa viabilizou o transporte de mais de seis milhões de itens entre cestas básicas, kits de higiene e limpeza e equipamentos para leitos de UTI. Além disso, cuida do desenvolvimento pessoal e profissional dos caminhoneiros, bem como da segurança das pessoas e das cargas. E segue apoiando diversos projetos sociais focados em crianças e adolescentes tais como o programa Na Mão Certa, proposto pela Childhood Brasil e pela Organização Internacional do Trabalho.

Fonte: https://www.asemana.com.br/noticia/meio-ambiente/jsl-renova-frota-para-diminuir-impacto-ambiental