A JSL tem tomado uma série de medidas para lidar com os impactos gerados pela pandemia do novo coronavírus. Dentre elas está à criação de um comitê de crise, que tem organizado, comunicado e acompanhado as principais iniciativas e ações em nível corporativo.

Foi implantado também o trabalho remoto em grande parte das operações, principalmente nas áreas administrativas, e foi criada toda uma infraestrutura para isso, com a disponibilização de equipamentos e dos sistemas necessários.

Segundo a empresa, nas áreas operacionais foram ajustados os processos e os espaços para permitir o trabalho diário com maior afastamento entre os funcionários. Para garantir a locomoção de forma segura e evitar aglomeração no transporte público, em algumas operações a empresa disponibilizou um carro para cada três funcionários.

Além disso, todos os colaboradores que precisam estar no centro logístico, nas filiais ou escritórios têm a temperatura aferida diariamente e em caso de febre são orientados a voltar pra casa e são acompanhados pela empresa.

O programa Ligado em Você, que foi reforçado nesse período, serve como canal de apoio e suporte aos funcionários e suas famílias para questões sociais, psicológicas, de saúde, entre outras, tanto para motoristas próprios quanto para terceiros. Além dos 22 mil funcionários próprios do grupo JSL, há mais de oito mil caminhoneiros autônomos que trabalham para a companhia.

Por meio do canal, esses profissionais recebem orientações de prevenção, dicas de saúde para eles e para as suas famílias, informações sobre pontos de apoio ao longo das rodovias e principalmente toda a orientação, acompanhamento e apoio para os casos suspeitos de Covid-19.

A JSL também fornece álcool em gel para 100% dos motoristas nas suas filiais e kits cozinha para que esses motoristas possam se alimentar ao longo das estradas.

Conforme a companhia, os esforços fazem parte do entendimento da JSL de sua responsabilidade de garantir que alimentos e medicamentos continuem chegando à população.

Por isso, tem tomado todas as medidas para preservar, cuidar da saúde e garantir condições de trabalho adequadas para todos os seus funcionários e caminhoneiros autônomos que trabalham para a companhia.

O grupo ainda fez, institucionalmente, uma doação de mais de 550 mil itens (máscaras, álcool em gel, luvas, entre outros) para hospitais e postos de saúde de diversos municípios do Brasil que se encontram em situação de maior vulnerabilidade, com investimentos da ordem de mais de R$ 5 milhões.

Fonte: https://www.revistacaminhoes.com/noticia/178/jsl-tem-realizado-diversas-acoes-para-lidar-com-os-impactos-do-coronavirus