Seja bem-vindo(A) WELCOME

CADEIA LOGÍSTICA INTEGRADA: ENTENDA O QUE ISSO QUER DIZER

Autor: ricardo - 15 de set de 2022

Uma cadeia logística integrada deve fazer parte de empresas de qualquer tamanho e proporciona diversas vantagens para a organização

O imediatismo vem tomando grandes proporções na relação de uma empresa com o seu cliente. Para atender a essa nova demanda, as empresas tiveram que encontrar maneiras de inovar nos bastidores de suas operações. Mas ainda não é suficiente.

Para realmente fazer a diferença, teremos que ir mais longe, integrando nossas operações locais com a capacidade de atendimento de nossos próprios fornecedores e centros de distribuição. De forma única, o que antes era uma rede logística foi simplificado em uma linha que liga o fornecedor, a empresa e o cliente final.

Agilidade, em alinhamento com a eficiência, nunca foram tão importantes para a satisfação do cliente do que são hoje. Assim sendo, uma compreensão clara do conceito de cadeia logística integrada torna-se essencial para superar esse desafio.

Deste modo, hoje traremos um pouco mais sobre a cadeia logística integrada e o que isso quer dizer como um todo. Acompanhe conosco e boa leitura!

O que é a cadeia logística integrada?

O conceito de uma cadeia logística integrada estabelece, na realidade, os princípios do que é conhecido há muito tempo: a comunicação e a compreensão, que são as chaves para o sucesso da cadeia de suprimentos.

Desde a avaliação da qualidade do fornecedor até a confirmação de compra e pedido, tudo tem que ser baseado em uma comunicação flexível e simples. O principal objetivo  é reduzir o tempo perdido para que as necessidades do consumidor final sejam atendidas o mais rapidamente possível.

Com isso, podemos definir cadeia logística integrada como a operação de um fluxo independente, inteligente e integrado que não requer intervenção direta da gestão para  manter a eficiência e movimentação das operações.

Trata-se da modernização e integração das diferentes áreas logísticas, válida para todos os setores, nos processos internos, na cadeia de abastecimento e nos processos fabris.

Se todas essas áreas fornecerem suas informações e métricas em uma plataforma unificada,  em tempo real e de fácil leitura, torna-se ainda mais fácil, veloz e desburocratizada a execução das operações, com muito mais eficiência.

Como é dividida uma cadeia logística?

Primeiramente, é preciso dizer que uma cadeia logística pode ser:

Simples – Inclui a empresa, seus fornecedores e clientes;

Complexa – Inclui vendedores, representantes, prestadores de serviços terceirizados e intermediários.

Assim sendo, uma cadeia logística possui três elos. Esses elos são conhecidos por:

SUPRIMENTOS: Compreende o gerenciamento de materiais e componentes. Inclui pedidos de fornecedores, envio, armazenamento e distribuição;

PRODUÇÃO: Abrange a gestão de estoque de produtos semi-acabados durante a produção. Inclui o fluxo de matérias-primas na planta, os armazéns intermediários, o abastecimento ao posto de trabalho e o transporte do produto acabado.

DISTRIBUIÇÃO: Visa gerenciar as necessidades dos clientes e canais de distribuição. Inclui estoque de produtos acabados, armazenamento, transporte e entrega ao cliente.

Agora, quais são os benefícios que uma cadeia logística integrada pode oferecer?

Pudemos notar que uma cadeia logística é capaz de proporcionar diversos benefícios. Resumidamente, ela confere:

Rapidez: A redução de obstáculos e a melhoria das operações agregam valor no processo de produção levando à agilidade. Será capaz de responder mais rapidamente às necessidades dos clientes, bem como a possíveis avarias e problemas.

Competitividade: Com um sistema logístico integrado e sólido, as empresas são mais competitivas e, portanto, são capazes de desenvolver e explorar novos mercados com sucesso.

Redução de custos: Conhecer os detalhes da cadeia de suprimentos é essencial para tomar medidas para melhorar e otimizar qualquer processo. Maior desempenho leva a menores custos logísticos.

Flexibilidade: Graças à cadeia logística integrada, as empresas podem gerenciar facilmente um maior número de referências e se adaptar ao ambiente em que operam.

Gerenciamento eficaz: Quando os departamentos compartilham todas as informações, o gerenciamento de estoque é ótimo. Desta forma, ficam disponíveis apenas os elementos necessários à prestação do serviço.

Afinal, como implementar uma cadeia logística integrada?

O primeiro passo para adotar a logística integrada é conscientizar todas as partes da empresa. Os colaboradores precisam saber o que acontece desde o momento em que o produto chega ao cliente para que possam avaliar os recursos e processos internos. Depois disso, é necessário analisar fatores externos como a concorrência, propor possíveis cenários de crise e pensar em estratégias e soluções alternativas para melhorar a competitividade.

A JSL está presente em todos os elos de uma cadeia logística integrada! Sabe como?

📍 Marcando presença no campo, com o transporte de commodities, também da matéria-prima;

📍 Estando à postos na indústria, com uma logística interna dedicada, transporte de carga e passageiros, assim como serviços de abastecimento e movimentação;

📍 Sendo referência na cidade, quando o assunto é distribuição urbana.

E muito mais!

Cadeia Logística Integrada

Fonte: Relatório Anual Integrado JSL 2021

A JSL conta com diversas operações espalhadas pelo Brasil, com armazéns e a realização das suas gestões.

Agora que você já entendeu o que quer dizer cadeia logística integrada, compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais. Aproveite e assine a nossa newsletter para estar sempre por dentro das novidades da maior empresa do ramo logístico do Brasil!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

UMB Digital JSL S.A. © 2023 | Todos os direitos reservados Termos e Condições